BLOG MOMENTOS DECISIVOS


Como garantir que as mensagens sejam repassadas de forma correta

SOAP Apresentações Profissionais
2.419 views
Como garantir que as mensagens sejam repassadas de forma correta

Uma confecção decide começar a vender produtos com um tecido completamente sustentável. A ideia é causar um impacto menor no meio ambiente. Agora, praticamente toda a abordagem comercial e de marketing terá de ser modificada. Mas, para essa transição dar certo, é importante que todos os times entendam perfeitamente o novo propósito da companhia. Somente dessa forma os profissionais podem se engajar e ficar motivados a mostrar o valor do novo negócio aos clientes. Afinal, engajados, eles não enxergam o trabalho apenas como uma obrigação.

 

Neste blogpost, vamos ajudar você, gestor, a transmitir a mensagem que quer passar à sua equipe da maneira mais eficiente possível, sem ruídos de comunicação, de forma que cada integrante entenda perfeitamente o que está sendo dito.

 

 

Saiba o que você quer transmitir (e por quê)

 

Antes de passar uma mensagem para a frente, tenha certeza absoluta de que VOCÊ a entendeu completamente. É essencial que o líder saiba claramente quais as novas metas e objetivos dessa comunicação e, assim, planeje a forma de transmiti-la de acordo com o que pretende despertar no receptor.

 

Em primeiro lugar, pergunte-se: “o que eu preciso comunicar?”. No caso da confecção, por exemplo, seria necessário informar que a empresa está adotando uma abordagem mais sustentável. Depois, pense em por que é importante transmitir essa mensagem.  Nessa hora, mostre como a iniciativa se relaciona à missão, à visão e aos valores da companhia — algo essencial para que o time perceba que a empresa tem um propósito por acreditar em algo importante para ela, seus colaboradores e demais stakeholders, e que está sempre alinhada a isso. Dessa forma, seus interlocutores percebem significado e importância naquilo que você comunica e traduzem essa percepção em seus comportamentos e funções.

 

Destaque, também, a importância e o papel do colaborador para que essas metas sejam atingidas, respeitando sempre a missão e os valores corporativos. Como aponta nosso instrutor e coach, Sérgio Azem: “Quando conectamos o conteúdo da comunicação àquilo que é importante para todos nós e nos realiza, nos tornamos protagonistas e ocorre o engajamento. A perspectiva passa da escassez e obrigação no trabalho para uma visão de abundância e autonomia”.

 

 

Conheça seu público e adapte a mensagem a ele

 

A próxima pergunta a ser feita é: “para quem quero comunicar?”. Pense em seu público-alvo e nas equipes com quem vai dialogar.

 

Em uma situação onde um gestor tem o desafio de transmitir uma mensagem para diferentes equipes, é essencial que ele adeque o conteúdo a cada uma delas. Em qualquer empresa existem “comunidades linguísticas”. Os profissionais de RH se comunicam entre si com uma linguagem diferente da usada pela equipe de tecnologia ou do financeiro, por exemplo. As interpretações também podem variar de acordo com a formação acadêmica, a vivência, as crenças e a cultura de cada um. Se a liderança não se atentar a isso na hora de se comunicar, o risco de que haja ruídos é grande.

 

Ao mesmo tempo em que é essencial, comunicar-se com diferentes perfis de equipes é um dos principais desafios encontrados pelos líderes. Por isso, é importante que as empresas preparem seus gestores para que saibam diagnosticar como cada time se comunica, e conseguir  despertar em cada colaborador as suas aspirações e motivações. Só assim ele saberá adaptar sua linguagem a cada um desses públicos.

 

 

Conecte-se com quem você está falando

 

Por último, pense em como comunicar de forma a se conectar com a audiência – e, principalmente, cativá-la. A comunicação nada mais é do que a transmissão de uma mensagem de um lado A (emissor), provocando uma mudança em um lado B (receptor).  Estabelecer conexão emocional com a audiência é essencial nesse processo. Você pode fazer isso olhando nos olhos de cada colaborador com uma expressão amigável, trazendo reflexões seguidas de pausas para que se conectem ao valor da mensagem, e por meio de muitos outros importantes recursos de linguagem verbal e não verbal.

 

Adotar uma postura de escuta empática também é essencial. O líder não pode ser o único a falar. É fundamental que escute o que todos têm a dizer com uma curiosidade autêntica pelas suas necessidades, sentimentos e pontos de vista. Quando os colaboradores percebem a atenção e o interesse do gestor, a relação de confiança se fortalece e naturalmente tendem a sentir-se mais à vontade para expor suas necessidades, fazer perguntas, propor soluções e pedir apoio quando tiverem dúvidas.

 

Esse momento pode ser usado para descobrir o que cada colaborador espera de suas carreiras, quais são suas motivações, seus medos, o que eles querem desenvolver. Com tudo isso em mente, é mais fácil achar um jeito de mostrar como a mensagem que você está passando se relaciona com o que ele aspira. Com isso, chegar ao objetivo principal: fortalecer e engajar a equipe.

 

 

Nada é óbvio

 

Em conversa com Carla Carvalho, nossa instrutora e coach aponta que quando falamos de comunicação, a palavra “óbvio” nem deveria existir. O que é muito claro para uma pessoa pode não ser para a outra. É dessa forma que surgem muitos conflitos. Busque sempre alinhar as expectativas que você tem sobre cada um dos profissionais do time com as que os próprios têm de si mesmos e suas funções.

 

Experimente o exercício de questionar o interlocutor após passar a mensagem: “Na sua visão, quais seriam os próximos passos depois de tudo o que te falei?”. Assim é mais fácil evitar falhas de comunicação. Há maior garantia de que a mensagem foi absorvida corretamente pela audiência. Dessa forma, são evitados possíveis futuros erros e retrabalhos.

 

Equipes lideradas por bons comunicadores são equipes motivadas, com objetivos claros e expectativas alinhadas às necessidades da empresa. Sempre dê espaço para que a sua comunicação flua e fortaleça a conexão entre a missão da organização e o propósito de vida de todos que fazem parte da sua história!

 

 

Para mais dicas no processo de comunicação, clique abaixo e acesse nosso e-book gratuito!