BLOG MOMENTOS DECISIVOS

A comunicação dos maiores YouTubers brasileiros

SOAP Comunicação Corporativa
718 views

Cada vez mais, os YouTubers estão ganhando espaço no mercado da comunicação. Existem canais de comédia, ciência, moda, gastronomia, música, cinema, educação… A lista de assuntos abordados é extensa e agrada a todos os tipos de público.

 

Já tem até quem palpite que logo mais o YouTube substituirá a televisão. Na pesquisa Video Viewers 2017, realizada pelo Google e pelo instituto de pesquisas Provokers, 59% dos entrevistados disseram acreditar que a rede social vai substituir a TV aberta. Além disso, 69% acreditam que a TV paga será prejudicada.

 

Essa força não pode ser ignorada. Além disso, do ponto de vista de apresentações no estado da arte, é possível aprender muito com as técnicas de comunicação de alguns dos maiores YouTubers brasileiros. Você pode usar as dicas a seguir para melhorar sua comunicação com o público ou até mesmo para começar seu próprio canal.

 

Whindersson Nunes (24.334.459 inscritos)

 

Segundo a Video Viewers, o piauiense Whindersson Nunes, de 22 anos, é o maior influenciador dos jovens brasileiros. Seu canal tem o maior número de inscritos no país. Nos vídeos, ele expõe sua opinião sobre situações de rotina, como Dia das Mães, briga de criança em escola, primeira visita ao sex shop e até filmes a que assistiu no cinema. Não importa o tema, vira piada. Whindersson ficou famoso pelo seu bom humor.

 

Ao falar sobre situações que a maioria de nós já viveu de uma maneira descontraída, quase sempre gravando no seu quarto, é impossível não estabelecer empatia com Whindersson. Ele não julga momentos constrangedores, mas sim faz graça de todos eles. De uma forma leve e espontânea, cria um ambiente que parece uma conversa de amigos.

 

Aqui na SOAP, costumamos recomendar uma fala pausada, uma postura séria e total atenção às linguagens verbal e não verbal para apresentações corporativas. Totalmente o oposto, Whindersson fala aceleradamente, na maioria das vezes sem camiseta e sem censura. Porém, o que também sempre reforçamos é que a apresentação precisa ser adaptada aos interlocutores. No caso do jovem piauiense, a audiência do seu canal prova que ele acertou em cheio na conexão com o público.

 

Jout Jout (1.196.907 inscritos)

 

Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, tem 26 anos, é carioca, jornalista e dona de um dos maiores canais brasileiros. Apesar de também contar com certa dose de humor, os seus vídeos costumam tratar de assuntos com um viés mais político e social. O improviso é essencial em boas apresentações, e é um dos seus pontos fortes. Já na descrição do seu canal, a vlogueira conta que não pensa em temas e nem estrutura roteiros, apenas fala o que lhe vem à mente. Várias vezes, ela não faz conexão visual com a câmera, se perde nos assuntos e olha para o nada até se lembrar do que ia dizer. Ou, então, tem insights no meio do vídeo sobre outras questões relevantes relacionadas ao tema.

 

Sabemos que vídeos podem ser gravados e editados várias vezes antes de irem ao ar. Pode ser que Jout Jout também faça isso. Mas, ainda assim, ela faz a escolha de não cortar essas cenas, que poderiam ser vistas como constrangedoras. A YouTuber não se preocupa em ter uma boa performance, apenas age de maneira bem próxima ao que ela deve ser naturalmente, como se estivesse conversando a sós com cada um dos seus inscritos. Ao se sentirem tão próximos de Jout Jout, os inscritos a veem como uma pessoa “normal”, assim como eles. É justamente esse ingrediente que lhe traz originalidade e faz com que ela gere empatia.

 

5inco Minutos (10.949.172 inscritos)

 

No YouTube desde 2010, a curitibana Kéfera Buchman é dona de um dos primeiros canais brasileiros a alcançar 1 milhão de inscritos, o 5inco Minutos. O nome surgiu por conta da sua ideia de não fazer vídeos com mais de cinco minutos de duração. Inclusive, a técnica pode ser aplicada para apresentações corporativas. Um exemplo são os chamados ‘Elevator Pitch’, apresentações breves que têm o objetivo de vender uma ideia ou um produto em encontros tão rápidos quanto uma conversa no elevador. Com o tanto de informações disponíveis a todo instante na internet, as pessoas costumam ter dificuldade em prestar atenção a conteúdos muito longos.

 

Kéfera fala de maneira rápida e empolgada, é bem expressiva, faz caras e bocas e muitos gestos. Além de facilitar a que os vídeos fiquem menores, esse dinamismo e a sua linguagem despojada é algo que atrai seguidores. Assim como em apresentações, um YouTuber que fala de maneira monótona, em ritmo lento e sem dar energia à sua voz dificilmente conquistará a audiência – ainda mais quando ela é composta principalmente por adolescentes. Essa é uma dica essencial para qualquer apresentação: conheça e faça um estudo aprofundado do seu público-alvo. Apenas assim você conseguirá agradá-lo.

 

Canal Nostalgia (10.151.785 inscritos)

 

Felipe Castanhari, paulista de 27 anos, é o fundador do Canal Nostalgia. A plataforma surgiu com o objetivo de falar sobre assuntos e referências culturais da sua infância. Hoje, são abordados de maneira descontraída temas diversos, como a Guerra na Síria, a formação dos buracos negros e curiosidades sobre celebridades.

 

Com um viés mais didático, alguns vídeos do seu canal contam com cenários bem trabalhados e específicos para cada tema. Um apoio visual bem trabalhado, tanto no YouTube como em slides em apresentações, impressiona a audiência e facilita que ela absorva as informações com mais facilidade. Como alguns dos assuntos tratados são mais complexos, o YouTuber adota uma fala mais desacelerada e expressiva, enfatizando as partes mais importantes, algo que a SOAP sempre recomenda no caso de apresentações profissionais. Pelos temas abordados e pela sua boa comunicação, ele pode muito bem atrair tanto públicos mais jovens quanto pessoas mais maduras.

 

A pesquisa da Provokers mostra o que um YouTuber deve ter para atrair seguidores: inteligência, carisma, bom humor e coragem para expor opiniões. Mesmo que você não esteja pensando em criar um canal no YouTube, pode aproveitar essas dicas nas suas apresentações e reuniões corporativas. Um apresentador com essas características tende a gerar conexão com a audiência muito mais facilmente.