O que é microlearning e quais as vantagens para o processo de aprendizagem

SOAP Apresentações Profissionais - 10/12/2020

Provavelmente você já ouviu aquela expressão “criança aprende rápido”, não é? Afirmações como essas surgiram por meio de análises do desenvolvimento humano, criando a Ciência da Educação

 

Assim, foi possível entender o modo que nós aprendemos em cada fase da vida. Quando crianças, somos introduzidos ao processo de aprendizagem pela pedagogia, já como adultos, a ciência da educação é trabalhada através da andragogia. E esta última nos apresenta o microlearning, que é uma das ferramentas de aprendizado eficaz.

 

A ideia por trás da andragogia é entender o adulto e a forma como absorve informações. Dessa forma é possível repassar conhecimentos com eficiência ao mesmo tempo que as individualidades e necessidades são respeitadas. É exatamente nesse momento que o microlearning se mostrou uma das melhores práticas para serem aplicadas com adultos.

 

Sendo ideal para a educação corporativa e treinamentos empresariais, essa técnica diminui o tempo em sala de aula. Para que você entenda o que é microlearning e como ele pode otimizar a capacitação de seus colaboradores, confira nosso post completo. Boa leitura!

O que é microlearning?

O conceito de microlearning é transmitir conhecimento por meio de tópicos pequenos. É o método de ensino ideal para salas de aula com pessoas na fase adulta, pois aproveita melhor a capacidade de absorção do indivíduo. O “micro aprendizado” também é uma prática escalável para ensinar e aprender, podendo o conteúdo ser facilmente replicado e compartilhado devido a seu tamanho reduzido.

Quais as vantagens do microlearning para quem estuda?

O microlearning traz diferentes benefícios para ambos os lados do ensino: o condutor do aprendizado e o aprendiz. Neste tópico vamos falar somente das vantagens que os alunos colaboradores desfrutam ao aprenderem por meio do microlearning. Veja!

 

Melhor aproveitamento do tempo

Às vezes, um treinamento muito extenso traz a ideia de tempo mal aproveitado, sabe por quê? O motivo é que o cérebro humano tem uma capacidade reduzida de memorização de novas informações. Elas devem ser absorvidas em partes e, de preferência, colocadas em prática logo em seguida.

 

Assim, com longas horas de estudo, é fácil que o aluno colaborador sinta-se cansado mentalmente. Em seguida, a dificuldade de lembrar do que estudou confirmará que o treinamento foi “um tempo perdido, pois não aprendeu nada”. Com o microlearning você dosará os conteúdos por meio de tópicos, tornando o estudo mais dinâmico e interativo.

 

Foco no que realmente importa

A metodologia de microlearning propõe a objetividade dos conteúdos didáticos, facilitando a compreensão e memorização das informações. 

 

Dessa forma, os aprendizes terão contato com a teoria que realmente acrescentará conhecimento de qualidade. Além disso, os colaboradores terão mais tempo para outros processos importantes, como avaliações e práticas do treinamento.

 

Ensino personalizado ao aluno

Cada um de nós tem um jeito único de entender o mundo, então, por que a transmissão de conhecimento deveria ser igual para todos? 

 

Os materiais desenvolvidos por meio de microlearning são totalmente adaptáveis e personalizáveis. Isso significa que sua universidade corporativa será mais inclusiva, favorecendo a diversidade de pessoas que sua empresa tem.

 

Aprendizado fácil de colocar em prática

O microlearning propõe pequenas doses de informações qualitativas e objetivas. Assim, seu colaborador terá mais facilidade de colocar em prática o que viu na capacitação. 

 

Além disso, devido ao material dividido em tópicos, é possível aplicar a teoria com monitorias por supervisores ou gestores. Dessa forma garante-se alinhamento do aprendizado com a prática.

 

Crescimento profissional acelerado

Muito importante no recrutamento e seleção, o cross-boarding garante o melhor aproveitamento de talentos internos. Para isso, é preciso que seus colaboradores tenham acesso a conteúdos de qualidade, mas que se encaixem em suas necessidades, como:

 

  • tempo de dedicação ao estudo;
  • tempo de aprendizagem;
  • validação de seus conhecimentos.

 

O microlearning oferece tudo isso por meio de tecnologias aliadas, permitindo que seus profissionais se qualifiquem de forma consistente, porém rápida.

 

Conteúdos de fácil acesso

Seja durante o treinamento, seja depois, é preciso que os materiais de aprendizado estejam disponíveis e sejam de fácil acesso. Se falarmos em uma empresa inclusiva e que contrata pessoas com deficiência, a acessibilidade ainda ganha um outro sentido. Como oferecer os conteúdos para que todos consigam acessar e compreender?

 

O microlearning é um método de ensino que oferece exatamente isso. As ferramentas de apoio permitem desenvolver materiais que tenha:

 

  • áudio com leitura dos textos;
  • descrição para as imagens;
  • tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais) nos vídeos.

 

Quais as vantagens do microlearning para a empresa que aplica?

Agora você já entende um pouco sobre como seus colaboradores podem aproveitar bem o método microlearning de ensino. Então, vamos ver como sua empresa ganha com tudo isso? Confira mais abaixo.

 

Aproveitamento de novos talentos

Uma pesquisa mostrou que cerca de 58% das companhias tratam em seu programa de onboarding apenas sobre papeladas e processos. Na mesma pesquisa ainda há a média de duração dos treinamentos tradicionais corporativos: 7 dias. É perceptível que as empresas tentam transmitir o máximo de conhecimento possível dentro desse intervalo de tempo, deixando pouco espaço para a prática.

 

É aqui que reside uma série de problemas. O principal deles é o mal aproveitamento dos talentos recém contratados, que estão ocupados demais com o treinamento e ainda não assumiram seus postos. Outros desafios desse onboarding tradicional são:

 

  • baixo aproveitamento da capacidade de aprendizagem;
  • esquecimento de processos vistos e não colocados em prática;
  • desalinhamento entre teoria e prática.

 

Com o microlearning é possível segmentar os conteúdos em etapas e apresentá-las conforme a necessidade dos novos colaboradores. Assim é possível aproveitar melhor o talento recém contratado e colocá-lo em contato com a prática por meio de mentorias. 

 

Além disso, a monitoria do que está sendo aprendido e praticado pode até influenciar no entendimento sobre como esse funcionário crescerá na empresa.

 

Conteúdo com tecnologia

Você já deve ter percebido que falamos muito do apoio tecnológico ao microlearning. Isso porque a linguagem visual é uma das ferramentas usadas por esse método de ensino, sendo ela um facilitador da aprendizagem de adultos. Assim, a tecnologia é essencial para apresentar um material qualitativo.

 

Veja a seguir os diferentes benefícios que somente a tecnologia aliada ao microlearning pode oferecer!

 

Distribuição de conteúdo

 

Uma das dificuldades ao apresentar um material didático corporativo é oferecer a mesma informação para sedes e públicos diferentes. Ainda, podem surgir problemas com a qualidade da explicação e a aplicação da teoria transmitida. O microlearning ajuda a diminuir isso, pois suas tecnologias de apoio fazem todo esse papel.

 

Um mesmo conteúdo pode ser criado e depois distribuído para diferentes locais por meio da internet. As avaliações serão salvas em um banco de dados único, mas que permite a segmentação de informações por diferentes padrões, como:

 

  • sede do colaborador;
  • gestor responsável pelo colaborador;
  • nota de avaliação;
  • outros.

 

Fácil reciclagem de conteúdos

 

Outra dificuldade das empresas em seus treinamentos é conseguir atualizar toda sua biblioteca de material corporativo. Com as tecnologias usadas no microlearning isso é coisa do passado. O mesmo material pode ter várias versões, onde todas serão direcionadas para um documento raiz. Também pode-se criar conteúdos independentes, mas com o mesmo tema, personalizando a experiência do colaborador.

 

Dados mensuráveis em relatórios

 

Uma das dificuldades do onboarding nas empresas é a falta de mensuração de dados para entender a efetividade do processo. Isso, inclusive, acaba afetando as decisões estratégicas da empresa com diretores e investidores, pois não há uma base confiável de informações.

 

As tecnologias aliadas ao microlearning permitem que cada acesso de conteúdo gere dados, assim como as avaliações feitas. Dessa forma é muito mais fácil entender o que realmente está sendo aprendido e investido em cada colaborador.

 

Curadoria de conteúdos corporativos

 

Os treinamentos corporativos oferecem uma gama de materiais ricos em conhecimento. Estes mesmos conteúdos são excelentes para servirem de base para o trabalho diário dos colaboradores. Porém, as capacitações tradicionais não são feitas de forma que podem ser integradas ou compartilhadas facilmente pelas empresas.

 

Porque o microlearning é um método com apoio na tecnologia, é possível fazer uma curadoria dos materiais desenvolvidos para a capacitação. Dessa forma, é mais prático para que os colaboradores recuperem alguma informação importante durante suas atividades. É muito melhor confiar em uma base concreta e do que apenas na memória humana, não acha?

 

Capacitação com menos custo

Tudo isso que falamos até agora tem um fator em comum como resultado: treinamentos com menores custos. Os materiais digitais e interativos são essenciais no microlearning, assim, usa-se pouco papel e espaço físico, reduzindo gastos com a manutenção de documentos, por exemplo. 

 

Outros aspectos que colaboram para essa percepção de rentabilidade no microlearning são:

 

  • colaboradores engajados em suas tarefas desde o começo do onboarding;
  • menor tempo em sala de aula;
  • facilidade de replicar o mesmo material para diferentes sedes da empresa;
  • praticidade para atualizar e personalizar os conteúdos já existentes;
  • aprendizado com maior eficácia.

 

Não há como falar sobre o que é microlearning sem mostrar como ajuda nos principais desafios que o ensino corporativo enfrenta. Desde qualidade e quantidade de conteúdo até tempo e dinheiro investido na capacitação.

 

Essa metodologia de ensino inova e encanta, principalmente a mesa de diretores e investidores que percebem facilmente quão rentável é oferecer aprendizado de qualidade.

 

Se nosso post sobre microlearning ajudou você, talvez goste também desse sobre como transformar a educação corporativa em 2021!

Você também pode gostar de:

Receba nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba materiais gratuitos e os posts mais visitados em seu e-mail.

Qual é seu nome?


Qual é e-mail?


Materiais Gratuitos

Disponibilizamos uma serie de materiais para ajudá-lo a criar apresentações no estado da arte.

SOAP Treinamentos

Cursos de comunicação corporativa para você.