BLOG MOMENTOS DECISIVOS


Como os bons líderes se comunicam

SOAP Apresentações Profissionais
3.403 views
Como os bons lideres se comunicam

Seja em uma pequena empresa, seja em um grande negócio, a liderança tem o papel de coordenar e motivar seu time para garantir que as metas – mesmo as mais agressivas – sejam alcançadas com a participação e mérito de todos.

 

Experiência, pulso firme, voz ativa… Todas essas são habilidades importantes para um líder, mas nenhuma se sustenta se não houver uma boa comunicação. Mas como reconhecer se um líder sabe se comunicar bem? Nesse blogpost te ajudaremos nesta tarefa. Esperamos ajudá-lo a reconhecer os bons profissionais de sua empresa e a melhorar a capacidade de liderança.

 
 

1. Autoconhecimento

A primeira habilidade característica de um bom líder é o quanto ele conhece sobre si mesmo.

Conhecer seu estado emocional, sua forma de pensar, seu fluxo de ideias e assim ter a percepção da melhor forma de acessar o outro.

Entender o seu interior ajuda nas relações externas e nas situações que surgem dentro do ambiente profissional.

Por exemplo, quando está comunicando algo ao seu time e alguém o questiona, não é a pessoa que está te desafiando, e sim você que está se sentindo desafiado.

Quando esse processo é internalizado e entendido, a comunicação e a forma de ver o externo se faz de modo muito mais fácil e empático.

 

2. Da influência ao engajamento

O engajamento se dá de duas formas: pela estratégia da comunicação e pelo objetivo da mensagem. Ou seja, como e por quê.

Apresente à sua equipe as causas e as consequências do trabalho. Se uma fábrica de cosméticos vai lançar um novo produto, deve ser comunicado para a equipe de produção por que este produto está sendo fabricado e qual é o impacto para o trabalho deles.

O líder sempre mostra preocupação com seus liderados e com suas opiniões. Quando a equipe se sente parte de um ambiente e de um projeto, ela se engaja para atingir os objetivos, e as conquistas passam a ser de todos.

 

3. A reação durante os conflitos

Esse é o maior indicador de que um líder não está se comunicando bem. Ao coordenar o trabalho de muitas pessoas é normal que, no meio do caminho, surjam alguns problemas. Metas não batidas e equipe desmotivada são um alerta.

Nesse momento, o líder entra em ação. O primeiro questionamento deve ser: o conflito vem de onde? As partes conflitantes sabem o que é importante para cada uma? Há esse alinhamento de ideias dentro da equipe?

Em situações extremas, cada indivíduo enxerga uma frente de solução. Mediar essa relação e alinhar os pontos para que todos olhem para o mesmo caminho é o que diferencia o líder na diluição desses conflitos.

 

4. Comunicação Transversal

Manter o canal aberto quer dizer proporcionar um espaço para questionamentos,  ideias e opiniões da equipe para o líder. Realizar reuniões de feedback pode ser um caminho para que toda a equipe apresente seus pontos de vista e – de forma empática – alinhe os objetivos e as ações.

 

5. Reconheça sua equipe

Saiba com quem está falando. Em uma equipe há diversos perfis de comunicadores, dos mais objetivos aos mais analíticos ou controladores. Conheça cada um deles e encontre uma linguagem que se adeque a esses perfis.

Porém, quando falamos de grandes empresas, é necessário estabelecer uma linguagem “universal” que se conecte com esses diversos tipos de interlocutores.

Nesse momento, o líder deve rastrear a sua audiência e trazer o modelo predominante, sempre buscando pontos em comum que todos possuem.

Parece impossível, mas os sentimentos de segurança, pertencimento, reconhecimento pessoal, são um ótimo exemplo de aspectos que demonstram o  valor que aquele interlocutor possui na sua companhia (Não entendi).

 

6. Empatia é o caminho

Não adianta o líder ter todas as formações técnicas se não construir uma conexão emocional com sua audiência.

Coloque-se no lugar do outro, dê importância ao que seus liderados sentem e pensam. Além de abrir um canal com seu time, é importante que eles se sintam parte daquele ambiente. Olhe nos olhos, pergunte o nome, mostre-se interessado pelo que está sendo dito.

Um bom líder não se prende ao seu interior. Ele se guia pelos objetivos da empresa e pelas necessidades do outro.

 

7. Atuação preventiva x Ações corretivas

Não há nada que desmotive mais uma equipe do que o retrabalho.

Acompanhe cada fase dos projetos, sempre checando seu andamento e questionando sua equipe sobre as dificuldades.

É muito melhor apontar um erro e corrigi-lo no decorrer do processo, do que percebê-lo apenas no final e ter de corrigir todo o trabalho.

O papel do líder não é estar apenas à frente, mas também ao lado de seus liderados, sempre atento ao que pode ser melhorado e ao que deve ser elogiado e reconhecido.

 

 

E aí?

Agora que já sabe as principais características de um bom líder, você consegue reconhecer entre seus colaboradores aqueles que têm essas características? Ou você, como líder, acha que pode melhorar em algumas dessas habilidades?