Quais características definem um bom líder? Entenda

SOAP Apresentações Profissionais - 21/12/2020

As características de um bom líder são determinantes para motivar a equipe e impulsionar o negócio para alcançar melhores resultados.

 

Um bom líder é capaz não apenas de impulsionar bons resultados para o negócio, mas também de influenciar pessoas a darem o seu melhor. A habilidade de reunir a equipe para trabalhar em harmonia e com um único propósito é uma das características fortes da liderança.

 

Nesse contexto, o líder tem um papel importante e que vem mudando com o passar do tempo, deixando de simplesmente comandar, para ter uma função construtiva e empática — uma forma eficiente para promover ambientes produtivos e agradáveis.

 

As competências de um líder são fundamentais para o engajamento e motivação dos colaboradores, fatores indispensáveis para o sucesso de qualquer negócio. Confira neste post as principais características de um bom líder e saiba como desenvolver uma gestão de destaque!

 

A relação da liderança com o engajamento dos colaboradores

A liderança nunca foi uma tarefa simples e exige dos gestores o desenvolvimento de habilidades para conduzir uma equipe a buscar os objetivos da melhor forma. Sendo assim, o líder tem uma responsabilidade importante para as empresas.

 

Toda equipe de trabalho vê o líder como uma inspiração e referência, tanto comportamental, quanto em conhecimento técnico sobre a gestão. Por isso, o líder tem uma influência clara e direta sobre a forma de trabalho dos colaboradores.

 

Quando o líder atua junto da equipe, reconhecendo o trabalho e estimulando cada colaborador, o engajamento atinge níveis satisfatórios. É a melhor maneira para que os objetivos estratégicos e valores da empresa, estejam bem alinhados e em prática constante.

 

Sobretudo, a motivação dos colaboradores é algo imprescindível para evitar prejuízos e aperfeiçoar os serviços internos em busca da melhoria contínua. Em um mercado cada vez mais competitivo, contar com um time qualificado e motivado é um grande diferencial para a organização.

 

Características que definem um bom líder

Para cumprir a função de líder com excelência é necessário desenvolver habilidades específicas, que são indispensáveis para uma posição de comando. É uma atividade que exige estudos adequados, de compreensão clara das qualidades e deficiências de uma equipe e assim, buscar formas de melhorar as pessoas e atividades.

 

Embora pareça uma ação simples, é preciso ter atenção e saber quais as principais características que definem um líder de sucesso. Assim, você pode ter um direcionamento do que precisa evoluir para chegar aos seus objetivos profissionais.

 

Veja as qualificações e características que um líder deve ter para ser considerado uma figura de autoridade e respeito!

 

Comunicação clara e escuta ativa

 

A comunicação é a base de qualquer relação, seja pessoal ou profissional. Quando se trata de ambientes corporativos, ela é ainda mais importante e deve ser executada com os devidos cuidados, pois pode favorecer um ambiente agradável ou causar efeitos devastadores, tudo depende da qualidade com que é transmitida.

 

É por isso que o líder deve se comunicar bem com toda a equipe, saber escutar e entender o que o colaborador está relatando. É um fator que facilita o consenso e leva a uma sensação de admiração, mantendo a proximidade da equipe e auxiliando a resolver os problemas cotidianos sem desgastes.

 

Capacidade de tomar decisões

 

Outra característica marcante de um bom líder é a capacidade de tomar decisões, mesmo que esteja em um ambiente intenso e repleto de pressões. Saber como tomar uma decisão de maneira rápida e certeira, mantém a confiança da equipe em procurá-lo sempre que houver um problema.

 

As decisões mais acertadas são aquelas embasadas por fatos e dados, por isso, apurar as ocorrências e entender as possíveis consequências de um cenário ou problema, leva o líder a ter mais clareza para definir os próximos passos.

 

Lidera com empatia

 

O líder que não consegue ou se esforça para se colocar no lugar da equipe, dificilmente entende as facilidades ou dificuldades de execução de uma ou mais tarefas. Sendo assim, terá dificuldades de delegar funções e colher produtividade.

 

Exercitar a empatia vai permitir maior propriedade sobre o trabalho da equipe, por isso, sempre que possível o bom líder vai sentar ao lado da equipe, observar como o trabalho é feito e intervir de forma consciente e respeitosa para melhorias.

 

Incentiva o trabalho em equipe

 

Em um projeto onde existem diversas pessoas envolvidas, só há um caminho para o sucesso — o trabalho em equipe. Da mesma forma, um grupo de pessoas atuando juntas, diariamente, pode gerar conflitos que só um bom líder será capaz de resolver.

 

A conduta da liderança determina a qualidade do trabalho coletivo, sendo importante valorizar os esforços individuais e do grupo para que todos se sintam envolvidos e pertencentes, não havendo distinção enquanto indivíduos.

 

Fornece os feedbacks

 

Como os colaboradores saberão que o desempenho está deficiente se a liderança não fornecer feedbacks contínuos? Esse é um momento importante para fortalecer o relacionamento com a equipe liderada.

 

Entretanto, o feedback deve ser construtivo, onde o líder além de apontar as deficiências oferece soluções viáveis e se coloca disponível para ajudar o colaborador a encontrar meios de melhorar sua performance.

 

Sabe explorar o talento individual de cada pessoa

 

Uma liderança ativa e participativa está sempre atenta à produtividade dos seus colaboradores. É preciso saber reconhecer o talento e explorar positivamente as habilidades e competências.

 

Para alcançar resultados é fundamental que haja ganhos de ambos os lados. Explorar o talento é dizer ao profissional o quanto a empresa confia e valoriza o seu trabalho e está disposta a investir no crescimento e desenvolvimento de carreira.

 

Demonstra bom exemplo

 

Líderes são espelhos, ou seja, tudo o que fazem de um modo ou de outro reflete na equipe e nos resultados. Os exemplos são seguidos, sobretudo, pela imposição hierárquica, por isso, a boa liderança deve ser vigilante para transmitir valores sólidos e guiar a equipe por caminhos de sucesso.

 

Quando um líder deseja que a equipe execute o trabalho de uma determinada maneira, deve ser o primeiro a pegar uma atividade e mostrar como deve ser feito. Assim, a equipe terá a certeza de que pode contar com seu líder a qualquer momento.

 

Desafia a equipe

 

Para muitos profissionais, salário e benefícios, não são mais a grande motivação de permanência em uma empresa. O que eles desejam mesmo é ser desafiados em projetos que exijam a aplicação de conhecimentos e habilidades adquiridos.

 

O líder inteligente consegue interpretar esses sinais e desenvolver uma equipe voltada para vencer desafios. Ao atingir esse patamar, toda a equipe estará envolvida em uma atmosfera dinâmica, agradecida à liderança pela oportunidade de se desenvolver na carreira.

 

Revela sua vulnerabilidade

 

Ainda que normalmente os líderes apresentem maior conhecimento sobre determinado assunto ou área específica, é preciso reconhecer que isso não os fazem donos da verdade. 

 

Na prática, esse tipo de comportamento autoritário e de zero tolerância só servem para enfraquecer a energia e os resultados de um time.

 

Um líder que assume suas fraquezas, atua com a escuta ativa e aprende com os erros desperta o engajamento e a confiança de seus colaboradores. 

 

Fatores comportamentais que um líder deve evitar

Existem comportamentos que são totalmente desfavoráveis a uma boa liderança, portanto, devem ser evitados. Se você deseja ser considerado um bom líder, elimine já essas condutas do seu dia a dia:

 

  • não trate todos da mesma maneira – as pessoas são diferentes;
  • nunca seja autocrático – uma boa liderança deve ser participativa;
  • não aja diferente do que fala – as pessoas precisam confiar na liderança;
  • jamais guarde conhecimento — quanto maior o compartilhamento, melhor as pessoas vão entender como você deseja que seja feito;
  • não subestime a inteligência e a competência da equipe – pelo contrário, valorize e elogie;
  • não deixe de estimular o crescimento pessoal e profissional – incentive o aprendizado e a participação em cursos e treinamentos;
  • fale e ouça na mesma proporção – não permitir que os colaboradores falam pode impedir que uma grande ideia seja colocada em ação;
  • não estimule o conflito – o bom líder é pacificador.

 

Esses são apenas alguns exemplos para se evitar, pois a meta de um bom líder deve ser sempre pensar positivamente, e envolver a equipe em um ambiente motivacional de construção e sucesso – nesse cenário não há tempo para um comportamento contrário.

 

Gostou do post? Que tal aproveitar a visita em nosso blog e ler mais um conteúdo para aprimorar sua gestão? Saiba como deve ser a comunicação do líder em tempos de “infodemia”!

Você também pode gostar de:

Receba nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba materiais gratuitos e os posts mais visitados em seu e-mail.

Qual é seu nome?


Qual é e-mail?


Materiais Gratuitos

Disponibilizamos uma serie de materiais para ajudá-lo a criar apresentações no estado da arte.

SOAP Treinamentos

Cursos de comunicação corporativa para você.