BLOG MOMENTOS DECISIVOS


4 dicas ‘reais’ para ser um grande apresentador

SOAP Apresentações Profissionais
1.209 views

Falar em público é um dos maiores medos das pessoas, ganha até do medo de morrer ou de cobra. Imagine então se o apresentador convive com um problema como a gagueira.

 

Este é o assunto em voga no filme “Discurso do rei”. Após a morte do rei George V e à abdicação ao trono do filho mais velho, Eduardo VIII, Bertie, que sofre de gagueira desde jovem, é coroado rei George VI da Inglaterra.

 

O filme conta a história de superação dele ao ter de lidar com um país à beira da guerra e sedento de um líder. Mas como comandar a Inglaterra sem conseguir falar?

 

A esposa, Elizabeth, a futura Rainha Mãe, manda o marido se consultar com um excêntrico terapeuta da fala, Lionel Logue. A partir daí, o rei passa por um intenso coaching para conseguir proferir o seu mais importante discurso e inspirar o povo.

 

O longa-metragem que ganhou 4 estatuetas do Oscar, dentre elas a de melhor filme, deixa importantes lições para quem, em algum momento da vida, precisa enfrentar as dificuldades de falar em público. Seja na política ou em outras áreas de atuação a habilidade discursiva é muito importante para cativar e engajar pessoas.

 

 

A SOAP acredita que qualquer um pode dar um show como apresentador e no filme identificamos 4 lições básicas para conseguir o melhor desempenho:

 

1. Tenha fé em sua voz Entenda bem o conteúdo que você irá apresentar, busque entender o perfil da audiência e o nível e conhecimento que ela tem sobre o assunto. Assim você evita “saias justas”.

 

2. Busque ajuda Só após aceitar a ajuda de Elizabeth, sua esposa, e Lionel, o terapeuta, o rei conseguiu discursar e representar com excelência o país. Identifique suas falhas, tenha humildade e busque quem possa te ajudar a melhorar seu desempenho.

 

3. Invista tempo O rei George VI dedicou longas horas na tarefa de superar suas falhas, livrou-se de pré-conceitos e não abriu mão do reinado. Para ser um bom apresentador é preciso arregaçar as mangas e dedicar algumas horas nisto. Treinar, treinar e treinar!

 

4. Equilíbrio emocional Exercer o autocontrole é essencial. Livre-se de pensamentos que despertem ansiedade: “E se eu gaguejar, se esquecer um dado importante, se o público rejeitar minha ideia”. A ação começa na mente, por isto, foque em ter um desempenho de sucesso.