BLOG MOMENTOS DECISIVOS

Como se comunicar melhor com sua equipe e com seu chefe

SOAP Comunicação Corporativa
1.089 views
Como se comunicar melhor com sua equipe e com seu chefe

Quando uma equipe não se comunica bem no ambiente de trabalho, pode haver malentendidos, retrabalhos e prejuízos. Imagine um gestor pedindo para seu time elaborar um projeto grande para um cliente. A urgência do prazo fez com que ele evitasse enrolações e fosse direto ao ponto na solicitação. Alguns profissionais da equipe, por terem um estilo diferente de comunicação, o acharam grosso e prestaram mais atenção na sua atitude do que na mensagem principal. Outros entenderam a mensagem, ficaram com algumas dúvidas, mas preferiram não levantar nenhuma questão e apenas concordaram. Essas más interpretações tendem a desgastar as relações interpessoais e prejudicar os resultados.

 

Neste blog post, ajudaremos você a desenvolver uma comunicação corporativa eficiente para que os objetivos sejam alcançados.

 

Conhece-te a ti mesmo.

– e observe os outros

Segundo os consultores americanos Robert Bolton, Ph.D., e Dorothy Grover Bolton, autores do livro Social Style/ Management Style, publicado em 1984, existem quatro perfis de comunicadores:

 

O amigável é aquela pessoa que conversa com todo mundo e, no geral, não tem dificuldades para se comunicar. O seu ponto forte é a simpatia e disposição para ajudar os outros. Por outro lado, a necessidade de aceitação faz com que eles tenham dificuldade em dizer “não”

 

O expansivo, também conhecido como camaleão, é aquele que consegue conversar com todos os interlocutores. Ele é flexível e se adapta a pessoas e situações diferentes. Algumas vezes, porém, ele pode ser prolixo e falar mais do que devia.

 

O analítico está do lado oposto dos dois primeiros. Ele é sério, racional e valoriza fatos, dados e números. Por conta de seu comportamento excessivamente lógico, é comum que os comunicadores com este perfil sejam tidos como frios e sem emoção.

 

Os comunicadores com estilo controlador, também conhecidos como drivers, não têm dificuldade para se posicionar, e agradar aos outros não é uma preocupação. Eles transmitem suas mensagens com a ideia de que elas “têm de ser aceitas”. Apesar de transmitirem uma imagem de poder, a comunicação incisiva desse perfil pode passar uma imagem negativa de autoritarismo.

 

Em qual dessas descrições você se encaixa?

Em qual delas você enxerga o seu chefe? E seus colegas?

Se você não tem resposta, comece a se observar e olhar quem está ao seu redor no ambiente de trabalho. Em breve, você perceberá essas características.

 

Para alcançar os seus objetivos ao se comunicar, é essencial analisar como a pessoa com quem você está falando se comporta. Descobrindo a natureza e os costumes das outras pessoas, fica mais fácil adaptar sua estratégia, e as chances de que sua mensagem seja compreendida e bem recebida aumentam.

 

Do mesmo modo, fazer uma autoanálise e conhecer as suas habilidades é essencial. Apenas assim você saberá o que precisa desenvolver e como se adaptar a cada situação.

 

O bom comunicador tem consciência de que a compreensão e o engajamento dos ouvintes estão em suas mãos. É responsabilidade de quem está falando ajustar a mensagem às necessidades do interlocutor e transmitir as informações da forma mais clara possível.

 

Se você já tem uma noção do seu perfil e das suas vantagens, busque não ficar na zona de conforto. Transitar pelos quatro estilos, de acordo com o contexto e com o público-alvo, é a melhor alternativa para que você tenha uma comunicação eficiente e que traga bons resultados.

 

Quer se aprofundar no assunto? Participe do nosso curso Comunicação Interpessoal Corporativa que acontece dia 18/09!
Para saber mais, clique abaixo!

  • Josemar Ferreira de Almeida

    Realmente, na comunicação assim como na liderança, a melhor forma é utilizar uma visão situacional. 😉