BLOG MOMENTOS DECISIVOS

Como identificar se o time tem problemas de comunicação?

SOAP Comunicação Corporativa
4.637 views
SOAP-problermas-de-comunicacao

Em sua equipe, todas as pessoas têm liberdade para expor insatisfações? Há alinhamento de expectativa do líder com os funcionários? Os feedbacks são uma via de mão dupla? Caso a resposta a essas questões seja negativa, dificilmente os negócios em sua empresa estão fluindo como deveriam. E isso pode estar afetando mais gente do que você imagina. A má comunicação de um líder pode influenciar não só a entrega dos colaboradores, mas o clima de uma empresa inteira.

 

Vamos listar para você alguns sinais que podem te ajudar a perceber que a comunicação precisa melhorar:

 

Você pede “x” e seu funcionário entrega “y”

Vamos imaginar a seguinte situação: um líder passa um projeto a alguém de sua equipe e ressalta que o trabalho precisa ser concluído em dois dias. E quando recebe o material, percebe que o que foi entregue está completamente diferente do solicitado. De quem é a culpa?

 

Pode ser sim do líder! Por ter explicado apressadamente a demanda, pode não ter deixado claro como o colaborador deveria proceder. O líder não contou quais passos deveriam ser seguidos para cumprir o prazo. Muito menos explicou o motivo da urgência. Como consequência a essa falta de comunicação, o funcionário não conseguiu atingir as expectativas do chefe. Rogerio Chequer, sócio da SOAP, diz que “se o responsável pelo time não é um comunicador eficiente, quem está embaixo dele não saberá qual é o objetivo do trabalho”.

 

Picuinha entre pares

Acabou de ser decretada uma nova norma na empresa. Por apenas ter sido divulgada na Intranet – de forma não muito clara –, boatos acerca dos possíveis beneficiados pela recente norma e dos que se prejudicarão também estão circulando. A informação ainda nem foi pessoalmente divulgada para a equipe, mas já está havendo conflito entre os funcionários. Quem é o responsável por essa situação? O líder.

 

Sempre dizemos isso: Informar é diferente de comunicar!

 

É seu papel ser transparente e verdadeiro para manter o time informado. Para evitar confusão, suas decisões devem ser objetivamente esclarecidas, e ele deve estar disponível para ouvir possíveis queixas.

 

Funcionários que fogem de reuniões presenciais

Uma reunião decisiva com um cliente está chegando. Qual a reação de um funcionário quando ele é designado a fazer uma apresentação profissional como representante da empresa? Caso ele e grande parte de sua equipe fiquem infelizes ao cumprir funções como essa, seu time tem um problema de comunicação corporativa – que pode ser causado pelo medo do julgamento, ou pelo nervosismo de falar para uma plateia. A boa notícia é que esse medo é trabalhável. Em nosso curso Domínio Emocional, apresentamos técnicas que ajudam as pessoas a não serem controladas por suas emoções em situações como estas.

 

Quando os funcionários têm medo de falar com o chefe

Um funcionário precisa falar para o líder que um projeto não aconteceu como deveria. A falta de coragem o faz demorar para tomar a iniciativa. Chegado o momento da verdade, o estresse toma conta do líder. O resultado é uma fala agressiva e sem empatia com o funcionário. Por conta disso, o medo dele se agrava.

 

Isso impacta a forma como os outros colaboradores veem o chefe, prejudicando uma comunicação transparente entre líder e liderado.

 

A dificuldade de se colocar no lugar do outro é comum em equipes com problema de comunicação.

 

Funcionários pavio curto

A falta de empatia pode, inclusive, vir por parte dos liderados. Colaboradores com pouca paciência para conversar com a equipe ou para escutar feedbacks negativos são um exemplo disso. São os famosos funcionários “pavio curto”. Por ter uma visão de mundo limitada às suas crenças, eles falam agressivamente e tornam o ambiente de trabalho extremamente desagradável.

 

Esses são apenas alguns dos indicadores de uma má comunicação interpessoal. Para evitá-los, é função do líder transmitir as informações com clareza, dar feedbacks, possuir uma escuta atenta e alinhar suas expectativas com os funcionários.

 

Por sua vez, os liderados devem ter abertura e se sentir à vontade para colocar seus pontos de vista. O Rogerio ainda acrescenta que “a comunicação é capaz de mudar a percepção das pessoas.

 

Influencia altamente na empolgação do colaborador no trabalho”. “Ninguém trabalha só com o que gosta. As pessoas ficam mais ou menos empolgadas no trabalho não só por aquilo que fazem, mas também por como se sentem. E uma boa comunicação pode influenciar positivamente o sentimento da equipe”, explica.

 

 

Se você identificou algum desses pontos em sua equipe, fique tranquilo! Como dissemos, é possível aprimorar todos eles. Nossos cursos podem te ajudar.
Clique nos títulos e confira os detalhes de cada um!